Assembleias universitárias dos seis campi da UFFS aprovam o pedido de destituição de Marcelo Recktenvald

94,22% votaram a favor da destituição

Estudantes levantam suas fichas de votação para aprovarem proposta de destituição do novo reitor nomeado da UFFS, Marcelo Recktenvald.
Assembleia na sede da UFFS, em Chapecó Foto: Assessoria Sinduffs/Sindtae

Estudantes, docentes, técnicos e comunidade regional da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) se reuniram em todos os seis campi para votar sobre uma proposição à Presidência da República de destituição de Marcelo Recktenvald do cargo de reitor da UFFS.

Ao todo 1733 pessoas votaram. Destas, 1633 (94,22%) foram favoráveis à destituição de Recktenvald e 70 (4,39%) foram contrários. Foram registrados 19 abstenções (1,09%), 7 votos nulos (0,40%) e 4 brancos (0,23%) As votações ocorreram nos dias 25 e 26 em Cerro Largo, Chapecó, Realeza, Erechim, Passo Fundo e Laranjeiras do Sul.

Compartilhar