Marcha pela Educação e Ciência começa às 16h, em frente à Catedral

Manifestantes sairão em passeata pelas ruas do Centro; ato deve terminar no Ticen

O grande ato unificado em defesa da Educação e da Ciência no País está marcado às 16h desta quinta-feira (03), em frente à Catedral Metropolitana. Mais uma vez, uma multidão vai às ruas de Florianópolis para protestar contra os ataques do governo ao ensino público e à autonomia universitária. Até as 10 horas de hoje, 12 projetos de pesquisa da UFSC já estavam instalados no local, com os estudantes e professores interagindo com o público. Mais de 500 pessoas já passaram pelo local entre ontem (02) e hoje (03).

Ao longo do dia, outros projetos devem se somar à iniciativa UFSC na Catedral, que objetiva mostrar à sociedade o que a universidade ensina, pesquisa e produz, além dos serviços que presta à comunidade.

No início da tarde desta quinta-feira (03), as três categorias se reuniram em frente à reitoria da UFSC para organizar o ato. Durante a concentração, aconteceu uma reunião com representantes de todas as entidades e ficou decidido que, por questões de segurança, a manifestação não sairia em passeata da universidade em direção ao Largo da Catedral. Um grupo de estudantes, no entanto, preferiu fazer a caminhada até o centro.

Durante a concetração houve momento de debates e todas as entidades puderam se manifestar. O Diretor de Comunicação e Imprensa da Apufsc, Eduardo Meditsch, destacou as atividades da UFSC na Catedral e a importância da paralisação de hoje. “A gente espera continuar ampliando esse movimento até a vitória, onde a gente consiga reverter esses cortes e barrar esse infeliz projeto que é o Future-se, que ameaça o nosso futuro”.

Hoje pela manhã no campus da Trindade, como parte dos atos da paralisação nacional, estudantes bloquearam as entradas para o campus. e conversaram com a população sobre o motivo do ato unificado. Antes das 10 horas os acessos já haviam sido liberados.

Confira a agenda de mobilização:

FLORIANÓPOLIS

8h as 11hs – Conversas e debates em todos os centros sobre as razões da paralisação
8h às 15h – UFSC na Catedral com mostra de trabalhos produzidos na universidade
10h – Confecção de faixas e cartazes e realização de atividades culturais no Centro de Convivência (Conviva)
12h30 – Concentração unificada em frente à reitoria da UFSC para o ato
16h – Ato em Defesa da Educação no Largo da Catedral – Marcha pela Ciência e a Educação

CURITIBANOS

09h – Roda de conversa, local a definir
13h30 – Roda de conversa “UFSC no cenário catarinense”, com base no estudo “A Importância Econômica e Social da UFSC para o Estado de Santa Catarina”, de Lauro Mattei, Mateus Victor Fronza e Vicente Loeblein Heinen

BLUMENAU

Dia 03/10 (quinta-feira)
16h – Passeata em Defesa da Educação, com concentração na UFSC Blumenau e saída em direção à FURB

19h – Palestra “A Esquerda e As Possibilidades de Mudar a Realidade” com a Prof. Dra. Sabrina Fernandes (Tese Onze) no Galpão da Arquitetura (FURB); inscrições pelo link.

JOINVILLE | Atividades no IFC Campus Araquari

08h30 – Cine debate sobre o documentário “Acabou a paz, isto aqui vai virar o Chile”
13h30 – Agenda dos costumes e ataques às minotias, com Dominique da Direção Nacional do Sinasefe

ARARANGUÁ

14 h – concentração na UFSC
14 às 17 h – Caminhada da UFSC até o centro de Araranguá e panfletagem
17 às 18 h – Velório das IFES

Compartilhar