NOTA: Migração de dependentes de pensionistas ao novo plano de saúde da UFSC

Pensionistas que não conseguirem incluir dependentes no novo plano e tiverem a migração recusada podem procurar Apufsc para eventuais medidas

A Apufsc-Sindical informa que a Coordenadoria de Saúde Suplementar da UFSC está realizando a migração ao novo plano de saúde da Universidade, instituído pelo Contrato n. 232/2019 após realização do Pregão Eletrônico n. 303/2019.

Em alguns casos, contudo, a Coordenadoria está negando a migração de dependentes/agregados vinculados a pensionistas, sob o argumento de que o item 6.2.4 do contrato n. 232/2019 não permitiria aos pensionistas a inclusão de dependentes e agregados ao novo plano de saúde.

A Apufsc-Sindical defende, contudo, que a norma prevista no novo contrato é aplicável exclusivamente a novos dependentes, e não aos dependentes que já estavam se beneficiando do plano anterior até a data do seu encerramento (30/09/2019).

Os(as) pensionistas que solicitarem a inclusão de seus dependentes no novo plano e tiverem a migração recusada podem buscar a Apufsc-Sindical para análise de eventuais alternativas, munidos(as) de documentos pessoais do(a) titular e dos dependentes (RG, CPF e comprovante de residência), declaração emitida pela Coordenadoria de Saúde Suplementar evidenciando a recusa da migração, carteiras do plano de saúde do(a) titular e dependentes e termo de adesão ao plano de saúde regido pelo antigo contrato (se houver).

Se algum dos dependentes estiver sendo submetido a tratamento de urgência ou emergência que garanta a sua sobrevivência ou incolumidade física, é necessário trazer, também, os documentos médicos que comprovem a realização e necessidade do referido tratamento.

Imprensa Apufsc

Compartilhar