Comissão de Educação quer ouvir Weintraub sobre erros no Enem

Ministro deve ir ao Senado na próxima terça-feia, dia 11

Senadores da Comissão de Educação decidiram convidar o ministro da Educação, Abraham Weintraub, para que ele explique o que aconteceu na correção das últimas provas do Enem, uma vez que foram registrados erros em mais de 6 mil provas. O convite é para a próxima terça-feira (11).

Na reunião deliberativa desta terça (4), o senador Humberto Costa (PT-PE) criticou a escolha dos ministros da Educação do governo Bolsonaro e chamou de “lambança internacional” o fato de as provas do Enem apresentarem erros de correção. “É uma demonstração de incompetência, irresponsabilidade, falta de compromisso público e prepotência.”

Já o senador Fabiano Contarato (Rede-ES) reclamou do corte, no Orçamento de 2020, de R$ 10 bilhões que seriam destinados a centros de pesquisa científica e universidades federais, além da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), ao mesmo tempo em que o orçamento da Defesa aumentou.

Leia na íntegra: Agência Senado

Compartilhar