UFSC disponibiliza infraestrutura para combate à Covid-19

Objetivo é oferecer unidades de apoio à triagem, acolhimento e acompanhamento ao tratamento de pacientes

A Administração Central da UFSC encaminhou ofícios ao Governo do Estado de Santa Catarina e à Prefeitura Municipal de Florianópolis nesta sexta-feira, 20 de março, para oferecer ajuda no combate à pandemia de Covid-19. O reitor Ubaldo Cesar Balthazar ofereceu as sedes da instituição, apoio ao atendimento de ligações telefônicas, entre outros recursos.

“Tendo em vista o crescimento inevitável dos casos confirmados, os riscos de colapso das unidades de saúde, e o fundamental papel da Universidade, colocamos a nossa infraestrutura à disposição”, salientou o reitor. “Tomamos as nossas decisões de suspensão de aulas e adoção de diferentes formatos de trabalho com relativa antecedência. Isso nos permite hoje esvaziar espaços que temos, com infraestrutura e capacidade física para funcionar como importante espaço de apoio em
diferentes demandas”.

A UFSC colocou ao dispor das autoridades municipais e estaduais a sua infraestrutura para criação de centros de apoio ao combate e tratamento da Covid -19, no intuito de oferecer unidades de apoio à triagem, ao acolhimento, ao acompanhamento e, se necessário, ao tratamento de pacientes;  a instalação de alojamentos/residências provisórias para profissionais de saúde; a utilização – dentro de parâmetros seguros – de estruturas para preparo ou fornecimento de refeições para profissionais de saúde; o apoio ao atendimento, via central telefônica, de ligações para esclarecimento de dúvidas e orientações, reduzindo as demandas das demais unidades de saúde; outras ações que o poder Executivo do Estado e dos municípios julgarem necessárias.

A UFSC destaca que serão necessários esforços conjuntos, inclusive para obter os recursos financeiros. Uma comunicação similar também foi feita ao Governo Federal, inclusive com a solicitação de aporte financeiro para o suporte de medidas como estas, além de outras.

Além disso, a UFSC encaminhou ofício à Prefeitura de Curitibanos, onde há um campus da instituição, com sede própria. As cidades nas quais os campi da UFSC funcionam em estruturas alugadas, como em Araranguá, Blumenau e Joinville, ainda passarão por uma avaliação de como a UFSC pode apoiar.

Leia, na íntegra, o Ofício nº 194/2020/GR e o Ofício nº 195/2020/GR.

Notícias UFSC

Compartilhar