Guedes estuda cortar salário do funcionalismo

Servidores com salário superior a R$ 10 mil teriam redução de 30% por três meses

O ministro da Economia Paulo Guedes trabalha na elaboração de uma medida que prevê a redução temporária de 30% dos salários de funcionários públicos que recebam mais de 10 mil reais por três meses.

Com esses recursos, o governo espera ter à disposição mais de 130 bilhões de reais para distribuir às pessoas em condição de maior vulnerabilidade uma quantia entre 300 e 400 reais, em contrapartida à proposta da medida provisória — que, como adiantou o secretário de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, será reeditada com medidas de auxílio da União para estes trabalhadores. O ministro levou a ideia ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que viu a proposta com bons olhos. Ele se comprometeu a trabalhar com o ministro e arrefecer o clima belicoso estimulado pelo presidente Jair Bolsonaro.

A ideia de Guedes é criar um “orçamento paralelo” para o combate à doença, sem ferir de morte as contas do país. O ministro já informou ao presidente que o país consegue sobreviver sem os serviços e comércios em pleno funcionamento apenas até o dia 7 de abril.

Fonte: Veja

Compartilhar