Universidades federais de SP lançam manifesto pelo adiamento do Enem

Em nota, instituições pedem provas para o início de 2021

As universidades federais de São Paulo e o Instituto Federal do Estado lançaram um manifesto pelo adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano devido à pandemia do novo coronavírus e suas consequências. As instituições pedem realização de provas apenas no início de 2021.

As inscrições para o Enem começaram na última segunda-feira, 11, e seguem até o dia 22 de maio. De acordo com as datas divulgadas pelo MEC, haverá duas edições na prova. Entre os dias 1º e 8 de novembro (versão presencial); e entre 22 e 29 de novembro (versão digital). 

Em nota, as entidades educacionais afirmam ser “notório que a pandemia tem comprometido sobremaneira as condições de continuidade e conclusão dos estudos das alunas e alunos do ensino médio, potenciais candidatos ao exame e que sonham com a oportunidade de acesso ao ensino superior.”

Leia na íntegra: Estadão

Compartilhar