Governo federal exonera secretário de Regulação e Supervisão do Ensino Superior do MEC

Exoneração foi publicada no ‘Diário Oficial da União’ desta quarta-feira. Novo secretário não foi nomeado ainda

O governo federal exonerou o Secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação, Ricardo Braga. A exoneração foi publicada no “Diário Oficial da União” (DOU) desta quarta-feira, 29, e foi assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Braga Netto.

Nessa terça, outros quatro assessores especiais, cargo de confiança do comandante da pasta, e que eram associados a ala ideológica do governo, também foram exonerados.

Não foi publicado ainda no DOU o nome do substituto do ex-secretário. Também não foi informada na publicação no Diário Oficial o motivo da exoneração. Ricardo Braga havia sido nomeado secretário Especial de Cultura em setembro de 2019, cargo do qual foi exonerado em novembro para assumir o posto no MEC.

Economista, Ricardo Braga tem carreira construída no setor financeiro, em gestão de pessoas e em fusões e aquisições de empresas. Ele já trabalhou no Banco Votorantim e na multinacional Andbank Brasil S.A. Braga também tem experiência na gestão de operações e investimentos com Certificação de Gestor e Administrador de Investimentos da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Ao assumir o MEC em meados de julho, o ministro Milton Ribeiro indicou que faria uma administração voltada para o diálogo. Ribeiro está afastado e faz tratamento em São Paulo depois que contraiu a Covid-19. Desse modo, ainda não foi anunciado o novo ocupante da vaga de Ricardo Braga.

Fonte: G1 e O Globo

Compartilhar