Notícias

Apufsc-Sindical repudia publicação da Medida Provisória nº 805

A Diretoria da Apufsc-Sindical repudia veemente a Medida Provisória (MP) nº 805, publicada no Diário Oficial da União no dia 30 de outubro, que, além de adiar os reajustes salariais de diversas categoria dos servidores públicos federais, entre elas os professores das Instituições Federais de Ensino, eleva a contribuição previdenciária 11% para 14% para os servidores que recebem acima de R$ 5.331,31.

Com a publicação da MP, as duas parcelas que ainda precisam ser pagas da reestruturação da carreira dos professores, acordada entre o Proifes-Federação e o Governo Federal, serão transferidas para agosto de 2019 e agosto de 2020.

A MP é mais um ataque do governo aos direitos dos servidores públicos federais. Por isto, não vamos medir esforços para barrar a aprovação no Congresso Nacional e vamos nos articular junto aos deputados federais e aos senadores de Santa Catarina para que a matéria seja arquivada.

*Diretoria do Sindicato dos Professores das Universidades Federais de Santa Catarinas (Apufsc-Sindical)
 
 

Manchete

A MP é mais um ataque do governo aos direitos dos servidores públicos federais.


Postado

3.novembro | 2017


Tags

MP805; servidor público; governo; direitos; reajuste; contribuição previdenciária


Imprimir


Compartilhar


Comentário

Captcha

4.novembro.2017 - 17:12

E se os esforços no Congresso não derem resultado vão fazer o que?

- Nestor

Filiar-se

Newsletter

(48) 99944.0103 (WhatsApp)
(48) 3234.2844 e 3234.5216 (Max & Flora)
(48) 3721.9425 e 3234.3187 (Campus Trindade)
(47) 3027.7992 (Joinville)
(49) 3241.4181 (Curitibanos)
(48) 3524.0228 (Araranguá)

© APUFSC Sindical

Designed & Created by: Hupx Tecnologia Powered by: Dynamicweb