Notícias

Corregedor-geral da UFSC é afastado por dois meses para licença médica

Publicado em 08/11/2017 - 14h32

O corregedor-geral da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Rodolfo Hickel do Prado, foi afastado da universidade por licença médica. Ele fazia a investigação interna relacionada ao desvio de recursos em cursos de Educação a Distância (EaD) oferecidos pelo programa Universidade Aberta no Brasil (UAB). 

Conforme o gabinete da reitoria, o afastamento foi concedido pela junta médica da universidade na segunda-feira (6). O gabinete não informou qual seria a doença do corregedor. 

O afastamento é pelo período de 61 dias, conforme o gabinete da reitoria. O G1 tentou falar com Rodolfo Hickel do Prado, sem sucesso até a publicação desta notícia. 

Em 30 de outubro, a professora Alacoque Lorenzini Erdmann, que era a reitora em exercício da UFSC, também entrou em licença de saúde por 60 dias. O problema de saúde não foi informado.

O atual reitor em exercício, Ubaldo César Balthazar, anunciou na tarde desta segunda-feira (6) que foram redesignados 18 pró-reitores, secretários e assessores que haviam pedido afastamento após Alacoque anular o pedido de afastamento de corregedor-geral.

Fonte: G1/SC

Manchete

O afastamento de Rodolfo Hickel do Prado é pelo período de 61 dias


Postado

8.novembro | 2017


Tags

UFSC; corregedor


Imprimir


Compartilhar


Comentário

Captcha

Filiar-se

Newsletter

(48) 99944.0103 (WhatsApp)
(48) 3234.2844 e 3234.5216 (Max & Flora)
(48) 3721.9425 e 3234.3187 (Campus Trindade)
(47) 3027.7992 (Joinville)
(49) 3241.4181 (Curitibanos)
(48) 3524.0228 (Araranguá)

© APUFSC Sindical

Designed & Created by: Hupx Tecnologia Powered by: Dynamicweb