Prorrogação do mandato da vice-reitora

Recebemos com surpresa e certa preocupação o procedimento adotado pelo Reitor de prorrogar até dezembro de 2020 (Portaria nº 727, de 7 maio de 2020), o mandato da atual Vice-Reitora, professora Alacoque, sem prévia apreciação e aprovação do Conselho Universitário.

Usar a polêmica MP 914 e o período da Pandemia da Covid-19 não coaduna com o zelo que a matéria requer e tampouco com a história desse mandato descasado do atual reitor, fruto de um triste passado e que requereu da ocupante da função uma postura mais ativa e altiva.

A UFSC vem sofrendo várias críticas públicas já faz algum tempo, o que tem requerido de todos, não somente da reitoria, equilíbrio e transparência na gestão administrativa, acadêmica e institucional.

A questão que se levanta não é propriamente o nome, mas a forma e a solução praticada. Comunicar emissão da Portaria enfraquece o próprio cargo e função de quem a desempenha. Enfraquece a prática democrática e o papel do CUN.

A comunidade interna e externa espera explicações plausíveis por parte da Reitoria.

Diretoria da Apufsc-Sindical

Compartilhar