Entidades apresentam à administração central proposta de novo calendário para eleição da reitoria; Apufsc volta à Comeleufsc

Com os novos encaminhamentos, diretoria da Apufsc decide retornar à Comeleufsc para dar sequência às questões relativas à Consulta Informal

Na manhã desta sexta-feira (28), as quatro entidades representativas apresentaram à administração central da UFSC uma proposta de novo calendário para eleição da reitoria, já aprovado pelo CUn. Isso possibilitou que a Apufsc-Sindical retornasse formalmente à Comissão Eleitoral Representativa das Entidades da Universidade Federal de Santa Catarina (Comeleufsc), formada também por Sintufsc, APG e DCE.

A Apufsc levou em consideração que as demais entidades reviram a proposta anterior sobre o Calendário da Consulta Informal, compreendendo a necessidade de a mesma ser concluída antes do Calendário Eleitoral do Conselho Universitário (CUn).

Tradicionalmente, a Comeleufsc patrocina uma consulta pública informal à comunidade acadêmica para a reitoria da universidade. O resultado dessa consulta dá maior legitimidade ao processo, para que o vencedor se inscreva como candidato ao CUn, responsável por realizar a eleição formal e legal, que resulta na composição da lista tríplice encaminhada ao Ministério da Educação (MEC).

“Para a Apufsc, o essencial sempre foi fazer a consulta informal antes do CUn fechar a lista tríplice, dando maior legitimidade a quem for se inscrever na eleição do Conselho Universitário. Nosso retorno à Comelufsc só foi possível porque houve uma melhor compreensão por parte das demais entidades daquilo que sempre afirmamos e reivindicamos”, afirmou o presidente da Apufsc, Carlos Alberto Marques. “Agora é bola pra frente e organizar uma Consulta que possa bem expressar o desejo de toda a comunidade universitária. A palavra agora está com o Conselho Universitário, que vai proceder o reexame do que por nós foi sugerido. Quero crer que tudo dará certo.”

Em reunião nesta sexta, foi apresentada e discutida uma proposta de reorganização parcial do Calendário do CUn. A administração central avaliou ser possível algum ajuste e fez a sugestão de que se apresentasse, no âmbito do CUn, uma justificativa ao reexame para ser analisada pelo relator original da proposta de Calendário Eleitoral e, posteriormente, pelo pelo do Conselho.

“Reunimos as entidades e fizemos uma proposta de calendário alternativo, que pode sofrer mudanças, e nossa ideia é levar ao CUn essa proposta de ajuste. Não é uma mudança de entendimento sobre o que deve reger o processo”, explicou Marcus Paulo Pessoa da Silva, coordenador do Sintufsc.

Ficou acordado que a administração central convocará no mais breve tempo possível uma reunião extraordinária do CUn para apreciação desse pedido de reexame e para a composição da Comissão Eleitoral.

“Eu concordo que é possível ajustar os processos sem que isso incorra em nenhuma fragilidade”, defendeu o chefe de gabinete da UFSC, Aureo Mafra de Moraes.
Com esses encaminhamentos, a diretoria da Apufsc, por meio de seus representantes, decide retornar à Comeleufsc para encaminhar as questões relativas à Consulta Informal.

Veja a proposta de alteração no Calendário Eleitoral:

Imprensa Apufsc

Compartilhar