Militar é nomeado secretário executivo do MEC

Quem assume o segundo cargo mais importante do ministério é o tenente brigadeiro Ricardo Machado Vieira, que já estava na chefia de gabinete do FNDE

O novo secretário executivo do Ministério da Educação (MEC) será o tenente brigadeiro Ricardo Machado Vieira. Ele foi nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro nesta sexta-feira (29) e ocupará o segundo cargo de maior importância dentro do MEC.

O cargo de secretário executivo estava vago desde o último dia 13, quando Luís Antônio Tozi foi exonerado por determinação de Bolsonaro. Antes de Vieira ser escolhido, outros dois nomes haviam sido anunciados por Ricardo Vélez, Rubens Barreto da Silva e Iolene Lima, porém o ministro foi desautorizado pelo governo.

Machado Vieira até agora era chefe de gabinete no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão do MEC que cuida de compras de livros didáticos, transporte, merenda. Segundo fontes, o ministro Vélez Rodríguez  pode ser demitido e Machado Vieira ficaria como ministro interino até o governo encontrar outro nome.

De acordo com o Estadão, Machado Vieira é homem forte no círculo militar e pode ajudar a combater a influência dos chamados “olavistas” no MEC. Ontem, Vélez Rodríguez nomeou dois simpatizantes do guru dos bolsonaristas Olavo de Carvalho para assessores diretos dele.

Leia: Estadão


C.G./L.L.

Compartilhar