Entenda como serão os testes rápidos em Florianópolis

Segundo prefeitura, pacientes poderão escolher ser atendidos em casa, nos postos de saúde ou no drive-thru

Os testes rápidos para coronavírus em Florianópolis devem ser aplicados a partir da próxima terça-feira, dia 14. A informação foi dada pelo secretário municipal de saúde, Carlos Alberto Justo da Silva, em entrevista à CBN Diário no último sábado (11). Além de unidades de saúde, a aplicação vai acontecer em domicílio ou no sistema drive-thru.

As pessoas que já possuem sintomas há mais de sete dias serão chamadas porque o teste rápido é considerado mais eficaz a partir do sétimo dia de contaminação.

De acordo com a estratégia adotada pela prefeitura, após o atendimento presencial ou por teleatendimento, ou ainda depois do contato com a Vigilância Epidemiológica, o paciente poderá escolher que tipo de atendimento de sua preferência para a coleta do exame. O resultado do teste rápido sai em 15 minutos.

Sobre o drive-thru, a prefeitura informou que o local deve ser o bolsão da Casan, na Avenida Beira-Mar Norte. A intenção é utilizar um ponto de fácil acesso e bem arejado. A meta é fazer 200 testes por dia.

Barreira sanitária no aeroporto

Segundo o secretário, Florianópolis será a primeira cidade do país a aplicar os testes rápidos em aeroportos. Até o momento, era realizada somente a medição de temperatura no local. A partir do momento que começar a nova operação, as pessoas com sintomas da doença serão testadas. Se o resultado for positivo, os pacientes serão orientados a fazer quarentena.

Segundo a prefeitura, foram adquiridos 35 mil testes pela prefeitura da Capital. De acordo com o secretário de Saúde, 20 mil testes rápidos, vindos da China e certificados pela Anvisa, serão utilizados em um primeiro momento.

A prefeitura de Florianópolis já havia obtido o outro tipo de teste, o PCR, que é considerado mais confiável, porém o tempo para sair o resultado é maior.

Leia na íntegra: NSC Total

 

Compartilhar