Votação para escolha do novo reitor da UnB termina às 22h desta quarta

O processo, que começou nesta terça-feira (25/8), é realizado exclusivamente on-line; resultado da eleição deve ser divulgado hoje

Interessados em participar das votações do primeiro turno para a escolha dos novos representantes da reitoria da Universidade de Brasília (UnB) têm até as 22h desta quarta-feira (26/8) para votar. A disputa é entre representantes de quatro chapas. O processo, que começou nesta terça-feira (25/8), é realizado exclusivamente on-line — devido à pandemia da covid-19 — por meio de link enviado por e-mail institucional. Cerca de 95% do corpo acadêmico da UnB se habilitou para votar. Mais de 52 mil pessoas têm direito ao voto.

O resultado da eleição deve ser divulgado hoje, assim que o período de votação terminar. Será considerada vencedora a chapa que obtiver maioria absoluta dos votos. Caso isso não ocorra, haverá um segundo turno, em 8 e 9 de setembro. O pleito para decidir a gestão de 2020 até 2024 é consultivo. A decisão final será feita pelo Ministério da Educação (MEC), que deve receber os nomes dos indicados em 17 de setembro, e a nomeação fica à cargo do presidente Jair Bolsonaro. O tradicional é que o candidato que recebeu mais votos seja o selecionado para o cargo, mas o MEC pode optar por outro nome.

João Gabriel Rossi, 21 anos, é um dos estudantes que votou assim que recebeu o link de acesso. Aluno do 7º semestre do curso de engenharia de software, ele afirma que é o primeiro pleito para reitoria que participa e considera que o processo foi tranquilo. “O sistema virtual funcionou sem maiores problemas. A UnB disponibilizou todas as informações necessárias por meio do e-mail institucional”, diz. Ele considera que a votação é necessária para que a universidade ganhe força como entidade. “Temos de ter uma gestão que represente todos que estão envolvidos com a universidade. Além disso, só um reitor que representa essa maioria consegue trabalhar com autonomia que a UnB precisa” afirma.

Leia na íntegra: Correio Braziliense

Compartilhar