Apufsc e representantes do CFM debatem condições de trabalho e segurança

Sindicato se reuniu com professores e técnicos do Centro para tratar de medidas como o reforço da iluminação e monitoramento por câmeras

Aspectos de segurança de professores, estudantes e técnicos administrativos do Centro de Ciências Físicas e Matemáticas da UFSC (CFM) estiveram em debate em reunião on-line realizada com a diretoria da Apufsc, no último dia 18. O encontro foi solicitado pelos docentes, que pedem o reforço da segurança nas imediações do prédio. No último mês, chegou a ser registrado um crime da região do Centro.

Entre as ações emergenciais requeridas pelos professores estão: restabelecimento e reforço da iluminação das áreas externas dos prédios e do estacionamento, revisão de cercas e alambrados que delimitam o CFM e instalação de monitoramento local das câmeras de vigilância que já existem.

O presidente da Apufsc, Bebeto Marques, destacou que o sindicato verifica a questão junto à administração central da universidade. “Estamos acompanhando e dando todo o apoio à reivindicação dos professores. Esperamos que a reitoria resolva o problema e, se não tiver condições, que encaminhe a quem tem condições de solucionar”, afirmou Bebeto Marques. Ele destacou ainda que a Apufsc segue à disposição da administração central e dos docentes para que haja condições mínimas de trabalho, de segurança e permanência no Centro.

Imprensa Apufsc





Compartilhar