Projeto de lei pretende acabar com eleições para reitores em instituições federais de ensino superior

O relator do projeto defende experiências internacionais para tentar aprovar o texto, destaca o Saiba Mais

Uma proposta de 2011 que altera a escolha dos dirigentes máximos das instituições de ensino superior públicas, de autoria da ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB-RN), foi desengavetada com alterações pelo deputado Tiago Mitraud (Novo-MG), com o objetivo de acabar com a escolha democrática de reitores e vice-reitores.

Mitraud é autor do relatório do projeto de Lei nº 2.699, de 2011, altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação e a Lei 5.540, de 28 de novembro de 1968, que acrescenta outras 14 proposições para serem discutidas. Apesar disso, o voto do relator já tem posição definida: o fim das eleições diretas e a inclusão de empresários na escolha.

“Isso leva a uma escolha menos racional e muitas vezes mais vinculada à obtenção de benefícios setoriais ou a promessas de campanha inviáveis, em detrimento de benefícios difusos e institucionais”, é o que avalia o parlamentar.

A intenção é propor a criação, pelo colegiado máximo da instituição de ensino, de um comitê de busca que escolherá e indicará uma lista tríplice de nomes ao Ministério da Educação (MEC) para nomeação aos cargos de reitor e vice-reitor.

Leia na íntegra: Saiba Mais

Compartilhar