Entidades divulgam nota de repúdio ao desrespeito do presidente da República à consulta eleitoral da Universidade Federal de Goiás

No documento, a Secretaria Regional da SBPC em Goiás (SBPC-GO) e a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia (ANPEGE) repudiam o ato do presidente da República e manifestam total apoio à professora Sandramara Chaves e à comunidade acadêmica da UFG, como destaca o Jornal da Ciência

Leia a nota na íntegra:

Nota de Repúdio ao Desrespeito do Presidente da República  à Consulta Eleitoral da UFG

Na madrugada de hoje, 11 de janeiro de 2022, a comunidade acadêmica brasileira mais uma vez ficou perplexa ao tomar conhecimento, por meio do Diário Oficial da União, de mais um desrespeito do presidente da República à autonomia universitária. Nesta edição do DOU o presidente nomeou a nova reitora da Universidade Federal de Goiás, como era esperado, porém, transgredindo a ordem da lista tríplice, encabeçada pela Profa. Dra. Sandramara Matias Chaves.

Escolhida em Consulta Eleitoral da UFG para reitora por ampla maioria (3.629 votos), tendo vencido nos três segmentos – docentes, discentes e técnicos –, com ato reiterado no Conselho Universitário, Sandramara Chaves não foi nomeada reitora e a UFG soma agora a lista de universidades que tiveram a sua autonomia universitária transgredida pelo presidente. Com o ato desta madrugada, são 22 universidades ao longo deste governo que não conseguiram empossar o reitor escolhido pela comunidade acadêmica.

Em que pese esta decisão do presidente não surpreender, haja vista os seus sucessivos ataques às universidades e à produção do conhecimento científico, esperava-se decência de sua postura e do Ministro da Educação, notadamente neste contexto em que o seu governo encontra-se em descenso na avaliação do eleitorado. Contudo, o que se viu foi mais um golpe na condição democrática, na Educação Superior e na civilidade republicana.

Assim, repudiamos o ato do presidente da República e manifestamos total apoio e solidariedade à professora Sandramara Chaves e à comunidade acadêmica da Universidade Federal de Goiás. Não obstante, esclarecemos não intencionar danos ou máculas à imagem e ao comprometimento da reitora nomeada no ato, a profa. Dra. Angelita Pereira de Lima, reconhecida por seu engajamento acadêmico-científico e por sua capacidade de gestão.

Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia – ANPEGE

Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – SBPC – Regional Goiás

Fonte: Jornal da Ciência

Compartilhar