Líder do governo na Câmara manifesta-se a favor de reajuste para policiais

Ricardo Barros diz que policias federais se esforçaram para conseguir o reajuste e as outras categorias precisam se mobilizar mais, destaca o Congresso em Foco

Na manhã desta quinta-feira (20), o deputado Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo na Câmara, manifestou-se em favor da manutenção do reajuste salarial dos policiais federais e demais agentes de segurança. A entrevista que o parlamentar deu ao jornal ‘O Estado de S. Paulo’, indica uma mudança de opinião – já que Barros, até então em favor de não haver reajustes, indica ter revisto sua decisão após encontro do parlamentar com representantes sindicais da categoria.

O encontro foi confirmado ao Congresso em Foco pela assessoria de comunicação do deputado, que afirmou ter se dado na última terça-feira (18), mesmo dia em que diversas carreiras organizaram uma manifestação contra a falta de reajustes ao funcionalismo público.

Na mesma data, após o encontro, Barros se encontrou com o presidente Jair Bolsonaro. Este, por sua vez, manifestou sua preferência pelo aumento salarial de policiais na última quarta (19). Ambos sustentam o mesmo argumento: de que falta verba no Orçamento para garantir o reajuste a todas as categorias, surgindo a necessidade de selecionar quais poderiam receber.

Apesar de Bolsonaro não ter manifestado o motivo da preferência, Barros afirmou que houve uma procura ativa dos sindicatos de policiais federais, penais e rodoviários pelo reajuste, e que as demais categorias não se mobilizaram da mesma forma. “Se esforçaram para conseguir, e os outros que trabalhem no futuro as suas categorias”, declarou.

Leia na íntegra: Congresso em Foco

Compartilhar