Analistas de comércio exterior aprovam paralisação na próxima quarta-feira e podem atrasar licenças

Segundo o Estadão, profissionais farão assembleia para decidir sobre adoção de operação-padrão e entrega de cargos comissionados

Em meio a manifestações em cascata no funcionalismo público, analistas de comércio exterior aprovaram uma paralisação para a próxima quarta-feira, 6. No mesmo dia, será feita uma assembleia para votar a adoção de operação-padrão e entrega de cargos comissionados.

Com isso, pode haver atrasos em serviços como concessão de licenças de importação, autorização para uso de benefícios tributários nas compras do exterior e aplicação de direito antidumping.

A categoria reivindica reajuste de 28%, que seria a recomposição da perda de poder de compra no governo Jair Bolsonaro. O presidente da Associação dos Analistas de Comércio Exterior (AACE), Guilherme Guimarães Rosa, disse que a categoria tem tentado conversar com o governo, sem sucesso.

“Nosso problema é que o governo não abre negociação com a nossa categoria, não estamos conseguindo um canal de negociação neste momento dentro do Ministério da Economia”, disse ao Estadão/Broadcast.

Lei ana íntegra: Estadão

Compartilhar