Necat da UFSC aponta que média de casos ativos de covid-19 em SC é a menor de 2022

Entre 26 de março e 1º de abril, foram notificados 8.441 novos casos da doença. Com isso, a média caiu de 1.517 para 1.206 registros diários

O Núcleo de Estudos de Economia Catarinense (Necat) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) publicou nesta segunda-feira, dia 4, uma nova edição de seu informe semanal sobre covid-19. Intitulado Média diária de casos ativos caiu para menor patamar no ano de 2022, o estudo é assinado por Lauro Mattei, coordenador-geral do Necat e professor do Departamento de Economia e Relações Internacionais e do Programa de Pós-Graduação em Administração.

Entre 26 de março e 1º de abril, foram notificados 8.441 novos casos da doença. Com isso, a média caiu de 1.517 para 1.206 registros diários. “Registre-se que esse indicador, que vinha apresentando quedas consistentes nas semanas anteriores, apresentou uma desaceleração mais lenta na semana considerada, tanto em termos absolutos como relativos”, afirma o estudo.

Os casos ativos também continuaram em queda. No total, 4.112 pessoas estavam contaminadas com a doença no primeiro dia de abril – uma redução de 13% em relação à semana anterior. “Finalmente, nota-se que a redução dos casos ativos passou a ter correspondência também em relação ao número de óbitos, uma vez que nos últimos sete dias foram registrados apenas 21 óbitos, patamar que fez a média diária desse indicador cair para 3 mortes/dia na semana em apreço”, aponta o documento.

O texto completo pode ser acessado no site do Necat, onde também podem ser conferidos os informes anteriores.

Fonte: Notícias UFSC

Compartilhar