Servidores farão Jornada Nacional de Lutas por reajuste salarial na última semana de abril

Mobilização está programada para acontecer em Brasília e nos Estados entre os dias 25 e 29 de abril

A luta das trabalhadoras e trabalhadores do serviço público e da base da Educação Federal vai se intensificar na última semana de abril: de 25 a 29/04, em Brasília-DF e nos Estados, será realizada uma Jornada Nacional de Lutas pela reposição salarial de 19,99% para o funcionalismo público e pela abertura da CPI do “Bolsolão do MEC” no Senado Federal.

O ponto central da Jornada Nacional de Lutas será o dia 28 de abril, quando teremos um Dia Nacional de Paralisação do Serviço Público Federal, com o objetivo de pressionar o governo Bolsonaro (pela pauta do reajuste salarial) e os senadores (pela abertura da CPI).

O Fonasefe convocou a Jornada Nacional de Lutas de 25 a 29/04 durante reunião realizada no dia 8 de abril. O entendimento das entidades é que intensificar a mobilização é imperativo para arrancar essas duas vitórias contra o Governo Federal – o reajuste e a abertura da CPI.

Programação

Cada base (Estados e Municípios) definirá a sua programação de 25 a 29/04 a partir das articulações conjuntas das entidades locais do funcionalismo federal, que deverão construir programações unificadas em cada localidade.

Já em Brasília-DF, semelhante ao que ocorreu na luta contra a Reforma Administrativa (PEC 32/2020), a agenda de mobilização será definida e divulgada no decorrer da própria Jornada.

Fonte: Sinasefe

Compartilhar