Sem internet no CCE, Assembleia da Apufsc será apenas presencial

AGE começa às 14h no auditório do CCE

A Assembleia Geral Extraordinária marcada para hoje, dia 28, às 14h será apenas presencial e não terá como ser transmitida para as sedes de outros campi por um problema técnico. A AGE acontece no auditório do CCE, que está sem sinal de internet, o que inviabiliza a transmissão.

A Assembleia é um espaço ampliado e coletivo de discussão sobre aspectos como perda de poder aquisitivo do salário dos docentes, que vem sendo corroído pela inflação e pela não reposição da mesma ao longo dos últimos cinco anos, cujo percentual, só no atual governo é de 19,99%.

“A AG serve também para discutimos o que fazer diante das cada vez mais precárias condições de trabalho na UFSC: prédios caindo aos pedaços, banheiros horríveis, salas de aula sem cortinas e giz, com cadeiras estragadas e internet muito ruim. Os laboratórios de ensino são muito mal equipados e as verbas para ciência são cada vez menor. Enfim, os problemas são graves e merecem resposta coletiva”, disse Bebeto Marques, presidente da Apufsc.

Segundo Bebeto, muitos dos problemas derivam dos cortes de verbas de custeio por parte do governo federal, mas outros são “resultado da má gestão”.

O presidente da Apufsc também lembra que no meio do ano começa a ser discutido o orçamento de 2023, “e se nada fizermos para garantir mais verbas, o próximo ano será um desastre para nós”. Ele complementa: “Podemos até discordar sobre como resolver isso, mas seguramente não há como negar que as universidades e dos docentes universitários estão sendo desprezados pelo MEC. O sindicato é esse espaço coletivo, um instrumento de luta, com personalidade jurídica, que pode auxiliar cada um de nós na busca por justiça e por respeito ao exercício de nossa profissão e ao papel da universidade”.

Essa será a primeira assembleia presencial realizada pelo sindicato desde o início da pandemia, em 2020.

Imprensa Apufsc

Compartilhar