Bolsonaro diz que reajuste de 5% “desagrada a todo mundo”, mas é o possível

Presidente tenta se afastar de críticas e pede sugestões à população para viabilizar aumento, afirma a Folha de S. Paulo

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse nesta sexta-feira (29) que a proposta de reajustar em 5% o salário de servidores federais “desagrada a todo mundo”.

Ele voltou a tentar se afastar das críticas de categorias que cobram aumento maior. Pediu ainda compreensão e sugestões da população.

“Coloquei na mesa o problema. Vamos lá, estou agora aguardando sugestões de vocês”, disse o presidente em entrevista à rádio Metrópole FM, de Cuiabá (MT)

“Parece que desagrada a todo mundo [conceder o reajuste de 5%]. Alguns falam, então dá zero. Não pode fazer isso aí, tem muita gente que se for nessa linha, 5% interessa a eles. Nós dois últimos meses a inflação passou de 3%, o negócio está pegando pesado para todo mundo”, disse Bolsonaro.

O presidente afirmou que estuda igualar o teto das carreiras de policiais rodoviários federais e de agentes da polícia federal.

Leia na íntegra: Folha de S. Paulo

Compartilhar