Servidores entregam 70% dos cargos comissionados no Tesouro e avaliam greve, diz sindicato

Decisão foi tomada sob justificativa de ausência de proposta do governo para reestruturação da carreira, destaca a Folha

Servidores do Tesouro Nacional pediram exoneração nesta sexta-feira, 13 de maio, de 70% dos cargos e funções em comissão do órgão, afirmou a Unacon Sindical, ressaltando que também deve ser analisada a convocação de uma greve.

Nota da entidade, que representa a categoria de Finanças e Controle, afirma que a decisão de entregar os cargos foi tomada em assembleia geral diante da ausência de proposta do governo de reestruturação da carreira.

“Os servidores do Tesouro destacam que, desde a última recomposição salarial a inflação acumula alta de 25,1%, enquanto o prazo legal para reestruturação este ano está se exaurindo”, diz a nota.

Leia na íntegra: Folha de S. Paulo

Compartilhar