Apufsc participa de ato nacional pela educação na Câmara

Parlamentares, ex-ministros da Educação e da Ciência e entidades ligada à educação cobram investimentos na área; hoje eles voltam a se reunir em audiência pública na Câmara

A Apufsc participou ontem, na Câmara dos Deputados, do Ato Nacional em Defesa da Educação Pública e da Soberania Nacional. Promovido pelo Fórum Nacional Popular de Educação (FNPE), entidade que agrega entidades ligadas à educação como Andifes, Anped, Fasubra, CNTE, UNE e Ubes, entre outras, a iniciativa é uma resposta aos cortes de verbas na área e está na agenda da paralisação nacional de 48 horas em defesa da educação.

Hoje as entidades voltam a se reunir, desta vez em audiência pública, para debater as políticas educacionais como prioridade de Estado. A audiência será na Comissão de Educação da Câmara.

Segundo a vice-presidente da Apufsc, Patrícia Della Mea Plentz, todas as manifestações convergiram para a mesma direção, que é a de resistência contra os cortes na educação. Participaram do evento parlamentares de vários partidos, entre os quais a ex-senadora Ideli Salvatti (PT), que leu texto em homenagem ao ex- reitor da UFSC Luis Carlos Cancellier, cuja morte completou dois anos ontem.

As deputadas Jandira Feghali (PCdoB), Benedita da Silva (PT) e Margarida Solomão (PT) também fizeram discursos em defesa da educação, bem como o ex-ministro da Educação Aloizio Mercadante, o ex-ministro da Ciência e Tecnologia Celso Pansera, a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, e Nita Freire, viúva de Paulo Freire, que falou sobre a trajetória do educador.

Imprensa Apufsc

Compartilhar