Governo prepara projeto que muda avaliação de servidores da ativa

Revisão dos critérios de desempenho deve tornar mais lenta progressão salarial; projeto será enviado ao Congresso até o final do ano, na esteira da reforma Administrativa

Não bastasse a expectativa criada pela promessa de envio de uma proposta que vai redesenhar as carreiras dos novos servidores públicos,   o governo estuda medida que vai impactar o funcionalismo que já está em atuação, destaca o Painel da Folha.  A ideia é editar um projeto de lei complementar que verse sobre o aprimoramento da avaliação do desempenho e dos critérios de promoção, o que tornaria a progressão salarial mais lenta. Com isso, seria possível gastar menos com os quadros da administração já no presente.

Hoje, os servidores já passam por avaliação regular, mas ela é considerada ineficaz por integrantes do Ministério da Economia. Secretários do time de Paulo Guedes dizem que a maioria dos funcionários chega ao topo da carreira sem necessariamente estar preparada. A ideia da equipe econômica é enviar o projeto ao Congresso até o fim do ano, mas só depois de mandar a coluna vertebral da reforma administrativa, proposta que vai tratar do fim da estabilidade para novos concursados e das regras de estágio probatório dos servidores.

Leia na íntegra: Painel/Folha de São Paulo

Compartilhar