Psicanalista cria série no YouTube sobre saúde mental na pandemia

Com linguagem acessível, Verônica Martinelli já falou sobre inseguranças, violência doméstica e adaptação de rotina neste período

O impacto da pandemia na saúde mental das pessoas “já é extremamente preocupante”. É o que diz o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, em documento publicado na última quarta-feira. “O isolamento social, o medo de contágio e a perda de membros da família são agravados pelo sofrimento causado pela perda de renda e, muitas vezes, de emprego.”

Nesse contexto, a pós-doutoranda em Psicologia, com ênfase em Psicanálise, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Verônica Martinelli, criou uma série de vídeos no Youtube chamada “Saúde mental e coronavírus”. Com recursos caseiros e seu conhecimento na área, o intuito de Verônica é difundir informação sobre saúde mental em meio à crise.

A série deve contar com oito vídeos. Em cada um deles, a doutora responde a uma pergunta. O primeiro, publicado em 26 de abril, questiona se – para além da crise sanitária – o período de pandemia é crítico em relação às questões de saúde mental. Com exemplos práticos e histórico no assunto, Verônica trata sobre dificuldade de adaptação, insegurança e impotência.

Foram temas de seus episódios: Saúde e economia; Violência doméstica; Depressão, ansiedade, estresse e trauma; Como ter uma rotina saudável?; e Como lidar com a informação neste período?

O vídeo número sete, a ser publicado, responderá a questão: “Como alguém diferencia quando precisa de ajuda profissional (ou deveria ao menos rever a forma como lida com a crise) de uma reação normal de mal estar provocado pela pandemia?”.

Confira a série de vídeos completa no canal Dra. Verônica Martinelli.

Imprensa Apufsc

Compartilhar