Universidades públicas incentivam desenvolvimento do Estado de SP

 

Reportagem do Estadão destaca a importância da USP, Unicamp e Unesp e mostra que o investimento nessas instituições produz resultados

O papel da Unesp, da Unicamp e da USP no perfil socioeconômico das cidades do Estado de São Paulo onde têm sede  raramente é levado em consideração. Uma reportagem do Estadão evidencia, no entanto, que o investimento nas universidades produz resultado. Não só pelo impacto intelectual, econômico e social da produção acadêmica, mas também pela qualidade dos profissionais, mestres e doutores formados pelas três universidades e pelos  serviços prestados, que vão da atenção médica até a produção artística.

Estes dados, porém, refletem só uma parte do impacto cultural, social e econômico das três universidades públicas do Estado. Toda a região de Campinas, por exemplo não representaria nada sem a pesquisa e os profissionais formados pela Unicamp. São Carlos é outro exemplo: é impossível imaginar a pujança agrícola e industrial da comarca sem os campi da Universidade de São Paulo. O sucesso do investimento privado em pesquisa agropecuária, evidente em São Paulo, seria impossível sem a investigação e os cientistas da Escola Superior de Agricultura da USP.

O peso dos estudantes destas três universidades paulistas se faz sentir desde a padaria até o bar, da lavanderia ao mercadinho da esquina. Os estudantes afetam e modificam economias locais. As universidades ajudam a melhorar o padrão, a qualidade e a quantidade do emprego no interior paulista, destaca a reportagem.

Leia mais: Estadão


 

Compartilhar