Núcleo de estudos na UFSC analisa evolução da Covid-19 na Grande Florianópolis

Análise evidencia a importância de ações conjuntas entre as prefeituras

As prefeituras de Florianópolis, São José, Palhoça e Biguaçu anunciaram na última sexta-feira, 10, ações conjuntas para conter o avanço do coronavírus. Juntas, as quatro cidades concentram 95% dos casos da microrregião de Florianópolis, que conta ainda com os municípios Paulo Lopes, Santo Amaro da Imperatriz, São Pedro de Alcântara, Antônio Carlos e Governador Celso Ramos. Nesta segunda, taxa de ocupação da UTI na capital chega a 94%, contando apenas com 13 leitos livres, de acordo com o Covidômetro da Prefeitura

Também em 10 de julho, o Núcleo de Estudos de Economia Catarinense (NECAT/UFSC) publicou uma análise da evolução da Covid-19 na Grande Florianópolis até 09/07, focando nos quatro municípios que se encontram em situação mais grave. 

Entre 04/06 e 05/07, houve um aumento de 222% no registro de casos confirmados na microrregião de Florianópolis, sendo de 128% na capital e 410% nos outros municípios. “Isso significa que o nível de contágio está sofrendo um espraiamento mais forte pelos demais municípios da microrregião, comparativamente à Florianópolis”, afirma o boletim. Com o passar das semanas, a capital catarinense passou a ter uma participação menor no número total de casos em comparação aos outros municípios. 

Conclusões

A análise feita pelo NECAT evidencia o processo acelerado de avanço da covid-19 na região, que vê a contaminação espalhar-se pelas outras cidades, não mais apenas na capital. O documento reitera que medidas determinadas por apenas uma administração municipal são pouco eficazes para inibir o grau de contágio da população, uma vez que há intenso trânsito de pessoas na área. 

O NECAT é o Núcleo de Estudos de Economia Catarinense, que analisa o panorama e as principais tendências da economia no estado, além de conduzir estudos sobre a realidade socioeconômica em Santa Catarina. O boletim publicado na semana passado foi escrito pelo coordenador geral do núcleo, Lauro Mattei. 

A análise completa sob o título “A evolução da COVID-19 na microrregião de Florianópolis até 09.07.2020” pode ser acessada neste link.

Os boletins, publicados semanalmente, estão disponíveis no site: https://necat.ufsc.br/.

Imprensa Apufsc

Compartilhar