Segundo colocado em lista tríplice é nomeado reitor da UFPI por Bolsonaro

Nomeação de Gildásio Guedes Fernandes foi publicada nesta quinta-feira (19) do Diário Oficial da União

O professor e matemático Gildásio Guedes Fernandes foi nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) o novo reitor da Universidade Federal do Piauí (UFPI). O professor foi o segundo colocado na lista tríplice, definida pelo Conselho Universitário. A nomeação foi publicada na edição desta quinta-feira (19) do Diário Oficial da União.

A lista tríplice definida pelo Conselho Universitário e enviada ao governo era composta pelos candidatos André Macedo, que obteve 22 votos; Gildásio Guedes, 11 votos; e Nadir Nogueira, com seis votos de conselheiros.

Na consulta à comunidade acadêmica, feita em agosto, Gildásio foi o candidato que mais recebeu votos dos estudantes: 4499, contra 2787 de André Macedo e 3651 de Nadir Nogueira. Gildásio, no entanto, perdeu entre servidores e docentes. Obteve 219 votos de professores, contra 747 recebidos por André Macedo. Como o voto dos alunos tem peso menor, o resultado final o colocou com 21,14% dos votos. Macedo teve 45,64%.

Com a UFPI, já são 19 os casos de intervenção na nomeação dos reitores em instituições federais de ensino, incluindo universidades e institutos.

Lista das instituições federais de ensino onde já houve intervenção na escolha de reitores/as:

1) Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio de Janeiro (CEFET-RJ)
2) Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB)
3) Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)
4) Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)
5) Universidade Federal do Ceará (UFC)
6) Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
7) Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB)
8) Universidade Federal do Semi-Árido (UFERSA)
9) Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
10) Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF)
11) Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM)
12) Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa)
13) Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
14) Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
15) Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC)
16) Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN)
17) Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
18) Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
19) Universidade Federal do Piauí (UFPI)

Compartilhar