Professores e professoras: neste sábado (3) é dia de ir às ruas para defender a vida e a educação pública!

Em Florianópolis, a manifestação começa às 9h30, na Praça Tancredo Neves, em frente à Alesc

Brasileiros e brasileiras irão às ruas neste sábado (3 de julho) para pedir por vacinação, pela garantia da educação, da saúde e de todas as instituições e serviços públicos. Em Florianópolis, a manifestação ocorre às 9h30, na Praça Tancredo Neves, em frente à Assembleia Legislativa. 

A Apufsc convida todos os professores e professoras para participarem do ato. A Apufsc destaca que, “mesmo com a pluralidade de vozes e de slogans, devemos nos juntar às mobilizações das entidades sindicais, forças sociais e políticas, indo às ruas defender a democracia, as instituições republicanas e o estado democrático de direito”, como foi pontuado em reunião do Conselho de Representantes da Apufsc no último mês.

O sindicato tem o entendimento de que “não podemos ficar omissos diante do desmonte das Universidades e da Ciência, de modo que somos, portanto, impelidos a ir às ruas e lutar”. 

As manifestações presenciais deste sábado (3) ocorrem em pelo menos todas as capitais brasileiras e no exterior, organizadas por movimentos populares. Durante os atos, seguem-se as recomendações de segurança para evitar a propagação do coronavírus, mantendo-se o distanciamento social, o uso de álcool em gel e de máscaras.

Outros dois atos contra as medidas do governo já alcançaram as ruas com números expressivos nos últimos meses: no dia 29 de maio e no dia 19 de junho. Em Florianópolis, no entanto, a manifestação de junho não ocorreu em função das chuvas.  

O que: Ato em Defesa da Vida, em Defesa da Educação, e contra a Reforma Administrativa
Quando: 3 de julho, 9h30
Onde: Em Florianópolis, na Praça Tancredo Neves, em Frente à Alesc 
Importante: Manter as medidas de segurança, com o distanciamento social, uso de máscaras e álcool em gel

Imprensa Apufsc

Compartilhar