Enem 2021: número de pretos, pardos e indígenas inscritos cai mais de 50%

Entre os brancos, o índice de redução foi menor: de 35,8%. Especialistas apontam prejuízo para diversidade e inclusão no ensino superior, como indica G1

Com a pandemia, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) registrou em 2021 o menor número de inscritos desde 2007. Além dessa queda no total absoluto de candidatos, houve também uma redução mais acentuada na participação de pretos, pardos e indígenas, em comparação com a última edição da prova. 

A conclusão é de um levantamento do Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp), feito a pedido da Globonews, com base nos microdados de inscritos no Enem 2021.

Na edição de 2020, eram aproximadamente 2,7 milhões de estudantes pardos – neste ano, foram 1,3 milhão (redução de 51,7%). A queda também ficou acima de 50% entre pretos (53,1%) e indígenas (54,8%).Por outro lado, considerando os candidatos brancos, a diminuição foi mais sutil: de 35,8%.

Leia na íntegra: G1

Compartilhar