Relator da reforma administrativa diz que adiou parecer para ajustar “pontinhas”

Arthur Maia (DEM-BA) se reuniu com o presidente Bolsonaro (sem partido), mas disse ao Valor que decisão não teve relação com encontro

O parecer da reforma administrativa, que estava previsto para ser divulgado nesta segunda-feira (30), acabou adiado para terça. O relator, deputado Arthur Maia (DEM-BA), se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), mas disse ao Valor que o adiamento não teve relação com esse encontro. “Não. Sempre aparecem umas pontinhas pra ajustar”, afirmou.

Maia se encontrou em julho com Bolsonaro para discutir pontos da proposta, como a preocupação do presidente de preservar os policiais e militares de qualquer mudança, e combinou na época de fazer uma outra reunião antes de divulgar seu parecer. A conversa não constou da agenda oficial do presidente.

A possibilidade de adiamento do parecer já estava no radar do presidente da comissão, deputado Fernando Monteiro (PP-PE), na semana passada.

Leia na íntegra: Valor Econômico

Compartilhar