Confira como foi a live “Minha Experiência com Paulo Freire” promovida pela Apufsc

A transmissão aconteceu na noite de ontem (22), pelo canal do sindicato no YouTube

Ontem (22), a Apufsc promoveu a live “Minha Experiência com Paulo Freire”, em comemoração ao centenário do educador. Participaram do debate os professores Paulo Ricardo do Canto Capela, doutor em Educação, Nilcéa Lemos Pelandré, doutora em Linguística e Adão de Souza, professor das redes municipal e estadual, com especialização em Filosofia. A conversa foi mediada pelo Diretor de Promoções Sociais, Culturais e Científicas da Apufsc, Roberto Ferreira de Melo.

Considerado o maior educador do século passado, Paulo Freire é o patrono da educação no Brasil e o terceiro autor mais citado em todas as ciências sociais em nível mundial. Ele recebeu o título honoris causa de 27 universidades ao redor do mundo e seus livros foram traduzidos em mais de 14 idiomas, entre eles o célebre “Pedagogia do Oprimido”. 

Paulo Freire ficou mundialmente conhecido pelo método de alfabetização de adultos que leva seu nome, que estimula o aprendizado com a discussão sobre as experiências de vida dos alunos e através de palavras que fazem parte do seu cotidiano. A primeira experiência do método, registrada em Angicos (RN), ensinou 300 adultos a ler e escrever em menos de 40h. 

Ao longo da transmissão, além da experiência de Angicos, apresentada pela professora Nilcéa com base em sua tese de doutorado, foram abordadas as experiências pessoais dos professores convidados relacionadas às teorias e práticas de Paulo Freire. Abaixo, confira o vídeo completo da live:

Sobre os convidados

Adão de Souza é graduado em Filosofia pela Fundação Educacional de Brusque (FEBE), especialista em Filosofia Clínica pelo Instituto Packeter e mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atualmente é professor das redes municipal e estadual de educação e consultor do grupo de produção do texto de implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Já atuou como coordenador de ensino de Filosofia na rede municipal de São José/SC. 

Nilcéa Lemos Pelandré é graduada em Letras, mestre e doutora em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Em sua tese de doutorado, estudou os efeitos a longo prazo do método Paulo Freire de alfabetização e entrevistou o educador. Atualmente é professora voluntária na UFSC. Possui experiência em Linguística com ênfase em Alfabetização e Letramento. 

Paulo Ricardo do Canto Capela é graduado em Educação Física pela Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade Católica de Pelotas, especialistas em Futebol pela UFPEL, especialista em Ciência da Preparação Física pela Faculdades Integradas Castelo Branco, mestre e doutor em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atualmente é Coordenador do Projeto Vitral Latino-Americano de Educação Física, Esportes e Saúde da UFSC e Presidente do Instituto de Estudos Latino-Americanos (IELA). Possui experiência em  Educação, Educação Física e Movimentos Sociais. 

Compartilhar