Conselho Universitário aprova realização de Vestibular presencial da UFSC em janeiro de 2022

As inscrições serão abertas em outubro

O Conselho Universitário (CUn) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) deu aval para que a Comissão Permanente do Vestibular (Coperve) organize um vestibular presencial para ingresso aos cursos de graduação da UFSC no ano letivo de 2022. Os conselheiros referendaram a Resolução Normativa 93/2021 da Câmara de Graduação (CGRAD), que prevê a realização do vestibular nos dias 29 e 30 de janeiro de 2022 para preenchimento de 4.549 vagas em 98 cursos. A Coperve deverá lançar o edital do concurso em meados de outubro e as inscrições estarão abertas de 18 de outubro a 19 de novembro.

Conforme a Resolução, as provas do Vestibular UFSC 2022 serão realizadas nas cidades de Florianópolis (e municípios da Grande Florianópolis), Araranguá, Blumenau, Brusque, Caçador, Balneário Camboriú, Canoinhas, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Curitibanos, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Rio do Sul, São Miguel do Oeste e Tubarão.

Poderão participar do Vestibular candidatos que já tenham concluído o Ensino Médio ou equivalente ou que venham a concluí-lo até a data de matrícula na UFSC. A exemplo de anos anteriores, também poderão participar os chamados “candidatos por experiência”, que não concorrerão à classificação.

Na reunião do Conselho, o processo foi relatado pelo conselheiro Edson Roberto De Pieri, que apresentou parecer favorável à aprovação da Resolução Normativa.

Processo seguro
A presidente da Coperve, Maria José Baldessar, participou da sessão e ajudou no esclarecimento de dúvidas sobre a realização do Vestibular. Ela defendeu a necessidade de realização de um concurso presencial para preenchimento das vagas oferecidas pelos cursos, com um perfil de candidato mais adequado. “Em princípio, acreditamos que podemos oferecer um processo seguro”, disse a presidente da Coperve.

Ela informou que a Comissão estabeleceu uma série de protocolos que deverão estar presentes no edital do concurso e que incluem a necessidade de usos de máscaras por todos os participantes, a seleção de colaboradores preferencialmente vacinados, ocupação de salas entre 50% a 60% da capacidade, escolha de locais ventilados, adequação do fluxo de transeuntes nos prédios, cuidados com a limpeza e instalação de postos médicos nos locais de prova.

“A prova presencial é também um desejo da comunidade”, afirmou a professora Maria José Baldessar. Ela destacou as mudanças feitas na estrutura do concurso, com provas realizadas em apenas dois dias (sábado e domingo) e a retirada das questões discursivas que demandavam muito tempo de resposta. Além disso, existe a expectativa de que a maioria dos candidatos ao Vestibular já esteja com vacinação completa quando as provas serão aplicadas.

De acordo com a presidente da Coperve, para atender a todas as questões legais e se adequar ao calendário acadêmico da UFSC, os processos seletivos precisam ser organizados com seis meses de antecedência. Ela disse que os organizadores trabalham com a expectativa de melhoria das condições sanitárias até a data do Vestibular, mas que em caso de revés na tendência de controle da pandemia a questão poderia ser reavaliada no Conselho Universitário.

O professor De Pieri lembrou que a ociosidade de vagas é um problema em vários cursos da UFSC e que a Universidade recebe muitos pedidos de estudantes que não puderam se inscrever nos últimos processos seletivos não presenciais por não terem participado dos vestibulares anteriores da UFSC e nem do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O conselheiro João Martins perguntou como a Coperve estava atuando para motivar os estudantes a participar do Vestibular e como a comissão estava se comunicando com este público. A professora Maria José citou que a equipe da Coperve tem feito lives com os coordenadores para apresentar diversos cursos à comunidade e também promovido conversas sobre o Vestibular com alunos de escolas públicas e privadas. Ela diz que há um grande interesse pelo Vestibular da UFSC e acredita que o concurso poderá ter em torno de 30 mil candidatos.

A Coperve também tem atuado no apoio à preparação dos candidatos ao Vestibular. Citou por exemplo os podcasts produzidos pela equipe sobre cada uma das obras literárias e lives sobre os programas das disciplinas do concurso. O professor Celso Spada ressaltou que os vestibulares, junto com as formaturas, são momentos especiais em que a Universidade está em contato direto com a sociedade.

A Resolução Normativa prevendo a realização do vestibular presencial da UFSC em janeiro de 2022 foi aprovada por 52 votos a favor e apenas um voto contrário.

PROVAS:
O concurso terá duas provas, sendo a Prova 1 realizada no dia 29 de janeiro, das 14h às 18h. Neste dia, os candidatos responderão 40 questões de proposições múltiplas e/ou abertas das disciplinas de Primeira Língua (Língua Portuguesa e Literatura Brasileira ou Libras – 12 questões); Segunda Língua (Alemão, Espanhol, Francês, Inglês, Italiano, Libras ou Língua Portuguesa e Literatura Brasileira – 8 questões); Matemática (10 questões) e Biologia (10 questões).

A Prova 2 está planejada para o dia 30 de janeiro, com duração de cinco horas – das 14h às 19h. Neste dia, os candidatos responderão 40 questões de proposições múltiplas e/ou abertas das disciplinas de Ciências Humanas e Sociais (20 questões, distribuídas entre as disciplinas de História (7), Geografia (7), Filosofia (2), Sociologia (2) e mais duas questões interdisciplinares envolvendo pelo menos duas dessas disciplinas), além de Física (10 questões), Química (10 questões) e a Redação.

PRINCIPAIS DATAS:

15 de outubro de 2021 – Lançamento do Edital
18 de outubro de 2021 – Início das inscrições e prazo de pagamento e Início do período de solicitação de isenção
29 de outubro de 2021 – Fim do prazo de solicitação de isenção
8 de novembro de 2021 – Resultado das solicitações de isenção
19 de novembro de 2021 – Fim do período de Inscrições
22 de novembro de 2021 – Último dia para pagamento da taxa de inscrição

Compartilhar