Número de crianças em creche cai sob Bolsonaro e Brasil fica mais longe da meta

Só 17% dos municípios têm ao menos metade das crianças de 0 a 3 anos na escola, destaca a Folha

A proporção de crianças matriculadas em creches recuou em 2020 sob o governo Jair Bolsonaro mesmo antes da pandemia. Assim, fica ainda mais remota a chance de o país alcançar a meta de ter metade das crianças de até 3 anos na escola até 2024.

Cálculo com base em dados de 2020 mostra que nem um terço (31%) das crianças de 0 a 3 anos estava em creche no ano passado. Em 2019, eram 32%, e o leve recuo interrompe um ritmo de avanço dos últimos anos.

Mas a média nacional esconde profundas desigualdades pelo país: só 17% dos municípios conseguem ter vagas em creches para ao menos metade das crianças da faixa etária.

A maior parte dessas cidades está nas regiões Sul e Sudeste. Enquanto 37% dos municípios do Sul alcançaram essa meta, somente 3% das cidades do Norte registraram esse patamar.

Leia na íntegra: Folha de S. Paulo

Compartilhar