‘Ciência vale o futuro do país’, afirmam pesquisadores em ato virtual

Evento reuniu parlamentares e representantes de entidades acadêmicas e científicas para discutir cortes no orçamento, destaca o Jornal da Ciência

Quanto vale a ciência? Esse foi o mote de discussão do ato virtual que fez parte da programação do 2º Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Ciência nesta terça-feira (26). Com transmissão pelo canal da ANPG no YouTube, o evento trouxe parlamentares e representantes de várias entidades acadêmicas e científicas para discutir a importância da ciência para o desenvolvimento do país e os frequentes cortes orçamentários que o setor vem sofrendo (assista aqui).

O ato virtual integrou uma série de ações organizadas pela Associação Nacional dos Pós-Graduandos (ANPG), com apoio da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e entidades acadêmicas e científicas. O programa contou com um misto de atividades presenciais e virtuais que iniciou com um tuitaço pela manhã, com a hashtag #SOSCiência, que alcançou os assuntos mais comentados no Twitter. A mobilização deu continuidade aos eventos do último dia 15 de outubro, quando a SBPC e as entidades parceiras realizaram mais de 30 atividades mostrando aos mais diversos públicos a importância da ciência para o desenvolvimento econômico e social do Brasil.

“Hoje é um dia importante não só por essa mobilização que estamos construindo em defesa da ciência, mas também porque é o dia em que se encerra a CPI da covid”, apontou Flávia Calé, presidente da ANPG. “Vamos ter um relatório histórico, que documenta, a partir do trabalho de centenas de pesquisadores e pesquisadoras, o que de fato aconteceu no Brasil: um genocídio. São mais de 600 mil vidas que perdemos. Há estudos que apontam que poderíamos ter perdido muito menos não fosse o negacionismo científico que tomou conta da sociedade brasileira, em partes, promovido pelo governo federal”.

Leia na íntegra: Jornal da Ciência

Compartilhar