Com redução da Covid, aumenta total de alunos que pretendem ingressar no ensino superior em 2022

63% dos entrevistados declararam planejar o início da faculdade neste momento, contra 38% no auge da pandemia no ano passado, destaca o Globo

Jovens com vontade de fazer o ensino superior decidiram começar os estudos no início de 2022. Segundo a “Observatório da Educação Superior – 5ª edição: Perspectivas  para 2022”, 63% dos entrevistados declararam planejar o início da faculdade neste momento. Em novembro do ano passado, ainda sem perspectiva de vacinação, o percentual para começar a graduação no primeiro semestre de 2022 era de apenas 38%, 25 pontos percentuais a menos do que agora.

O levantamento foi realizado pela empresa de pesquisas educacionais Educa Insights em parceria com a Associação Brasileira de Mantenedoras  de Ensino Superior (ABMES) também identifica o desejo dos universitários por um modelo pedagógico híbrido, unindo o melhor do presencial e do virtual.

Na avaliação da ABMES, a vacinação de 61% da população plenamente vacinada e a aplicação do Enem no  cronograma habitual, com divulgação das notas prevista para início do próximo ano estimulam o ingresso neste momento.

Para os alunos pesquisados, somente 45% da carga horária dos cursos deveriam ser dedicadas às aulas presenciais tradicionais. O restante deveria ser ministrado ou por aulas remotas (16%), ou por conteúdos digitais (16%) ou mesmo por trabalhos práticos em comunidades ou empresas (23%).

Leia na íntegra: O Globo

Compartilhar