Relatório da Câmara mostra que até setembro MEC pagou menos de 1% de recursos para conectar escolas

Documento elaborado por Comissão mostra que somente cerca de R$ 3 milhões de R$ 425 milhões foram gastos, aponta o Globo

Um relatório divulgado nesta quarta-feira pela Comissão Externa de Acompanhamento do Ministério da Educação na Câmara (Comex/MEC) mostrou que até setembro a pasta pagou menos de 1% dos R$ 425.056.324,13  previstos para o programa de Inovação Educação Conectada, cujo principal objetivo é fornecer internet de alta velocidade para as escolas públicas.

O programa é considerado importante sobretudo no contexto no qual as instituições de ensino retomam as atividades presenciais em algum nível, muitas delas usando o modelo híbrido, que combina atividades em sala de aula com práticas remotas. De acordo com o relatório foram pagos até o meio de setembro apenas R$ 3.158.333,32 da dotação prevista.

O documento divulgado pela Comex/MEC critica o ministério e afirma que a pasta “não realizou minimamente o seu papel de coordenação nacional e de pactuação com estados e municípios para enfrentar os graves problemas advindos do período pandêmico”.

Leia na íntegra: O Globo

Compartilhar