Proifes manifesta apoio ao processo democrático de consulta pública para a Reitoria da UFSC

“A autonomia administrativa, que compreende também o processo de escolha dos seus dirigentes, é condição para que a educação que defendemos se realize”, diz trecho da nota

A Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico (Proifes-Federação) publicou uma nota em seu site, e enviou à Apufsc-Sindical para divulgação, sobre a eleição para a Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Leia na íntegra:

O Proifes-Federação vem a público manifestar seu apoio e defesa do processo de consulta pública para a Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) nos termos apresentados em nota pela Diretoria da Apufsc-Sindical.

A defesa da educação pública, gratuita, laica e de qualidade, em todos os níveis, é um dos principais compromissos que justificam a criação e existência do Proifes-Federação. No caso específico das Universidades e Institutos Federais, a autonomia administrativa, que compreende também o processo de escolha dos seus dirigentes, é condição para que a educação que defendemos se realize.

O respeito aos processos autônomos realizados pela comunidade acadêmica da UFSC faz parte de uma tradição democrática de décadas, conferindo legitimidade e ampliando a participação de todas as partes interessadas no exercício sadio da autonomia universitária. O Proifes-Federação espera que a democracia e pluralidade prevaleçam para a escolha de reitor ou reitora, mantendo a isonomia nesta universidade que é um patrimônio do ensino público superior brasileiro.

Compartilhar