UFFS e IFSC planejam retomada de atividades após desbloqueio

Auxílio financeiro a estudantes, retomada de editais e compra de insumos para laboratórios serão as primeiras providências a serem tomadas pela UFFS

O Ministério da Educação anunciou na última sexta-feira (18) a liberação de R$ 1,1 bilhão de reais – R$ 771 milhões para universidades e R$ 336 milhões para institutos federais. Com o recurso, IFSC e UFFS planejam retomar atividades que estavam paradas em função do bloqueio de verbas. O MEC, aindacontinua com R$ 2,9 bilhões no orçamento bloqueados.

A Universidade da Fronteira Sul (UFFS), com sede em Chapecó, publicou nota informando que, se for liberado o dinheiro, pretende atender as pendências em insumos para laboratórios e áreas experimentais, em auxílio financeiro, editais vigentes e manutenção nos campi. A instituição teve R$ 5,8 milhões bloqueados pelo MEC.

No Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), que possui 22 unidades pelo estado, os recursos serão destinados à abertura de editais de eventos científicos e às chamadas de novos alunos. Segundo a pró-reitora de Administração do IFSC, Aline Heinz Belo, o bloqueio atingiu também a compra de insumos de laboratório e a assistência estudantil foi prejudicada.

Leia na íntegra: G1

Compartilhar