58% defendem estabilidade do servidor público

Para 91% dos entrevistados pelo Datafolha, funcionários públicos deveriam ter seu trabalho avaliado constantemente

Uma pesquisa realizada pelo Datafolha mostra que 58% dos entrevistados concordam que os servidores públicos precisam ter garantia de estabilidade. Outros 39% discordam da afirmação.

A pesquisa foi realizada de 8 a 14 de maio de 2019, com 2.086 pessoas em todo território nacional, em todas as regiões do Brasil. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. A consulta feita pelo Datafolha sob o título “Os brasileiros e a percepção sobre a qualidade do gestor público” foi encomendada pela Aliança, formada por Fundação Lemann, Fundação Brava, Instituto Humanize e República.org.

Para 91% dos entrevistados, os funcionários públicos deveriam ter seu trabalho avaliado constantemente e ser recompensados de acordo com o desempenho, como em empresas privadas.

O mesmo percentual (91%) afirma que os servidores públicos precisam de apoio para se desenvolverem como profissionais e realizarem melhor seu trabalho. Para 88%, é importante demitir aqueles que, constantemente, não têm feito um bom trabalho.

Questionados se gostariam de trabalhar em cargos de liderança no governo de suas cidades, 43% demonstraram interesse, percentual considerado relevante pela Aliança, responsável por ações com o governo federal, estados e municípios na área de gestão pública. Entre elas estão programas de atração, pré-seleção, avaliação de desempenho e apoio para desenvolvimento.

Leia na íntegra: Folha de S. Paulo

Compartilhar