Secretários estaduais de Educação dizem ter ‘preocupação’ com Enem na pandemia; Inep reafirma medidas de biossegurança

Consed emitiu nota afirmando que expôs as preocupações ao governo, que garantiu cumprir os protocolos de saúde para evitar transmissão de coronavírus

O Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) emitiu nota na noite desta terça-feira (12) em que diz ter preocupação com a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 durante a pandemia, como informa matéria do G1. As provas impressas estão marcadas para o próximo domingo (17) e o seguinte (24). Mais de 5,78 milhões de candidatos estão inscritos e confirmados para a prova.

Segundo o Consed, o grupo se reuniu com o Inep, autarquia do Ministério da Educação responsável pelo exame, para expor a preocupação. O governo garantiu ao Consed que os protocolos de biossegurança estabelecidos pelas autoridades sanitárias serão seguidos.

Também na terça, o Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) aprovou uma posição conjunta para defender que o Enem seja adiado devido ao aumento de número de casos de Covid no Brasil. O pedido é dirigido ao ministro da Educação, Milton Ribeiro.

As manifestações ocorrem após a Justiça negar um novo adiamento da prova, manter as datas previstas, e repassar às prefeituras a responsabilidade final em garantir a segurança para o exameOriginalmente, o Enem 2020 seria feito em novembro, mas foi adiado devido à pandemia.

Leia na íntegra: G1

Compartilhar