‘Duro golpe na educação pública’, diz governador do Ceará sobre cortes no Educação Conectada

Reportagem do Jornal Nacional revelou que programa do Ministério da Educação sofreu redução durante a pandemia, diz G1

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), usou as redes sociais para lamentar o corte financeiro que o programa Educação Conectada, do Ministério da Educação (MEC), sofreu no ano passado, quando a pandemia de Covid-19 impactou diretamente na necessidade de aulas remotas no ensino público.

“Mais um duro golpe na educação pública do país. Conforme divulgou ontem à noite o Jornal Nacional, com base em um relatório da Câmara dos Deputados, o programa Educação Conectada, do Ministério da Educação, teve a verba cortada em mais da metade no ano passado”, publicou o governador.

A reportagem do Jornal Nacional a qual Camilo se refere mostrou que um relatório da Câmara dos Deputados sobre os trabalhos do MEC apontou uma redução nos investimentos em 2020.

Leia na íntegra: G1

Compartilhar