Especialistas pedem ‘lockdown’ de três semanas para reverter quadro de covid-19

Grupo formado por cientistas, pesquisadores e economistas encaminhou carta aos governantes do País, incluindo o presidente, segundo Valor

Um grupo de 30 cientistas, pesquisadores e economistas encaminhou, no final da semana passada, uma carta aberta ao presidente da República, governadores e prefeitos de todo o país pedindo três semanas de “lockdown” para reverter o agravamento do quadro de covid-19.

Os objetivos são poupar 22 mil mortes pela doença em abril, reduzir a média móvel de mortos pela metade, evitar que o país alcance a marca de 5 mil mortos por dia, proporcionar tempo para vacinação das pessoas com 60 anos ou mais e dificultar o surgimento de novas variantes. A inciativa é chamada Abril pela Vida.

O grupo sugere o pagamento de parcela única de auxílio emergencial para pessoas e micro e pequenas empresas para estimular o isolamento no período. A proposta de auxílio é de R$ 1 mil para empresas e do valor da cesta básica para a população, conforme o valor vigente em cada Estado. O grupo calcula que esse pagamento atingiria 67 milhões de pessoas e 3,3 milhões de estabelecimentos, ao custo aproximado de R$ 40 bilhões.

Segundo o texto, a proposta tem como fundamento estudos da organização de saúde pública Impulso Gov, segundo os quais a vacinação começará a fazer efeito positivo no país a partir de maio.

O texto cita a experiência da cidade paulista de Araraquara, que “após um mês de medidas restritivas, incluindo 10 dias de ‘lockdown’ rígido como poucas vezes se viu no país” teve em 26 de março seu primeiro dia sem mortes por covid-19.

A íntegra da carta está disponível em http://abrilpelavida.org/

Leia na íntegra: Valor Investe

Compartilhar