Servidores fazem vigília no Congresso em protesto contra a Reforma Administrativa

Manifestantes planejam se concentrar em frente à Câmara dos Deputados durante toda esta semana, entre as 10h e as 16h, informa a Carta Capital

Servidores federais, estaduais e municipais realizam uma vigília em Brasília como protesto contra a Reforma Administrativa, que tramita no Congresso Nacional por meio da Proposta de Emenda Constitucional 32. O projeto foi apresentado pelo governo de de Jair Bolsonaro em setembro de 2020.

Os manifestantes planejam se concentrar em frente ao Anexo II da Câmara dos Deputados durante toda esta semana, entre as 10h e as 16h, para abordar parlamentares que transitam no local. Avaliam também prolongar a ação até que a PEC seja votada no plenário.

A estimativa é de que 500 servidores de diferentes estados estiveram reunidos nesta terça-feira 28. Entre as categorias mais presentes, são citados os servidores do Legislativo e do Judiciário e os profissionais da educação.

Está agendada para os próximos dias a atuação de uma força-tarefa de servidores para visitar gabinetes de deputados e pressionar pela rejeição da reforma, sobretudo aqueles que ainda não se posicionaram sobre o tema. Os manifestantes também querem tomar café em frente a locais de hospedagem ou moradia de parlamentares.

Leia na íntegra: Carta Capital

Compartilhar