Cientistas sairão às ruas em protesto contra cortes do governo Bolsonaro

Mobilização contra os cortes no orçamento da Ciência é puxada por entidades da área e ocorrerá de maneira física e virtual, em todo o país, no dia 26 de outubro, informa a Revista Fórum

Em resposta ao corte de recursos destinados à Ciência promovido pelo governo Bolsonaro, cientistas, estudantes e pesquisadores farão uma mobilização no próximo dia 26 de outubro em diferentes regiões do país. Serão atividades virtuais e presenciais, que incluem protestos e passeatas nas ruas.

O Ministério da Economia, comandado por Paulo Guedes, havia solicitado ao Congresso corte de 92% dos recursos destinados, em 2021, a bolsas e apoio à pesquisa. Parlamentares acataram e aprovaram o projeto no dia 7 de outubro e, desta forma, a Ciência ficará com somente R$ 55 milhões, o que representa 8% do previsto inicialmente.

A mobilização é convocada pela Associação Nacional dos Pós-Graduandos (ANPG), Iniciativa para a Ciência e Tecnologia no Parlamento (ICTP.br), Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e outras entidades. Essas organizações se reuniram na segunda-feira (18) e definiram as atividades e protestos a serem realizados no dia 26 de outubro.

Leia na íntegra: Revista Fórum

Compartilhar