Bolsonaro: por desoneração, empresários apoiarão PEC e reforma administrativa

Governo decidiu prorrogar a desoneração da folha de pagamento para 17 setores da economia por mais 2 anos, informa o Poder 360

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta 5ª feira (11) que empresários vão apoiar a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) dos Precatórios e a reforma administrativa em troca da prorrogação da desoneração da folha de pagamentos. Afirmou em transmissão ao vivo nas redes sociais que o governo vai abrir mão de receber cerca de R$ 8 bilhões por ano.

“Resolvemos prorrogar por mais 2 anos a desoneração da folha. Isso dá quase R$ 8 bi por ano. E dizer que eles assumiram compromisso de nos ajudar também a aprovar os Precatórios e aprovar a reforma administrativa, que deixar bem claro não pega nenhum atual servidor”, afirmou durante live semanal.

A live semanal do presidente foi realizada uma hora mais cedo nesta 5ª. Em seus perfis nas redes sociais, Bolsonaro afirmou que a transmissão foi antecipada por causa do jogo entre Flamengo e Bahia pelo Campeonato Brasileiro, marcado para 19h –horário habitual da live presidencial.

Leia na íntegra: Poder 360

Compartilhar