Crise no MEC ameaça devolver federalização da Furb à geladeira

A proposta de federalização preocupa entidades ligadas à UFSC. A grande dúvida é sobre como ficará a unidade da UFSC em Blumenau caso a proposta avance

A crise no Ministério da Educação (MEC) que culminou com a demissão do ministro Milton Ribeiro ameaça devolver o projeto de federalização da Furb, em Blumenau, à geladeira. O tamanho do estrago depende do que será feito dos atuais secretários e diretores da pasta e de quem substituirá o agora ex-ministro, que havia declarado apoio ao movimento blumenauense. As informações são do colunista Evandro de Assis, no NSC Total.

Na Furb, todos estão de olho na Secretaria de Ensino Superior (Sesu), onde tramita o projeto. Hoje ela é comandada por Wagner Vilas Boas de Souza. O apoio da equipe dele seria vital aos planos de federalização.

Leia na íntegra: NSC Total

Compartilhar